POPULAÇÃO TERÁ PAPEL FUNDAMENTAL PARA EFICIÊNCIA DA COLETA SELETIVA DE LIXO

Sistema de coleta seletiva teve início no dia 03 de outubro em Rodeio Bonito. Um grande números de pessoas está buscando informações e contribuindo no trabalho de conscientização, embora muito ainda terá que ser trabalhado sobre o descarte do lixo.



POPULAÇÃO TERÁ PAPEL FUNDAMENTAL PARA EFICIÊNCIA DA COLETA SELETIVA DE LIXODois dias após a implantação do sistema de coleta seletiva do lixo, a população já sente os efeitos da mudança. No dia em que era para apenas o lixo seco ser descartado, lixo orgânico ainda foi colocado nas vias públicas e, desta forma, animais de rua reviraram sacolas, criando uma imagem nada agradável aos olhos de quem passou por diversos pontos da cidade. Segundo a analista ambiental e responsável pelo Departamento Ambiental do município, Carla Cristina Trento, há um empenho da administração municipal em fazer com que a informação referente ao novo sistema de coleta circule: "nas últimas duas semanas já foram realizadas reuniões, distribuídos panfletos, realizadas entrevistas nas rádios, enviado mensagens via WhatsApp, enfim, buscado de diversas formas levar até a população as informações necessárias para que o descarte seja realizado de forma eficiente. Destacamos muito que, a prefeitura por si só não será capaz de realizar esta conscientização, por isso a importância de cada munícipe assumir sua responsabilidade cidadã, se engajar na causa e fazer esse trabalho de voluntariado social para que possa estar levando a informação aos familiares, vizinhos e amigos que ainda podem não estar conscientes da nova forma de coleta. Destacamos também que essa mudança atende a uma legislação federal e, assim como todos os outros municípios, Rodeio Bonito está no prazo final para realizar esta implantação de coleta seletiva. As pessoas deverão entender que o lixo é de quem o produz e o cuidado com o destino correto no momento do descarte é pensando nas futuras gerações. Teremos que entender esse ponto, que o que estamos fazendo com o lixo hoje influenciará na vida do planeta quando tivermos nossos netos, bisnetos...", reforça Trento. Durante a manhã, o fiscal do município já esteve em alguns pontos problemáticos para esclarecer e sanar dúvidas junto aos moradores a fim de contribuir para que o lixo seja descartado corretamente. Fernando Pertuzzati, que esteve acompanhando de perto a implantação da coleta considerou que "um grande número de pessoas está preocupada e empenhada a contribuir no trabalho de conscientização. A administração do município é consciente de que no período de adaptação vão ser registradas muitas falhas, as quais vão contribuir para que sejam tomadas as medidas necessárias que venham atender a essas necessidades. Um ponto que trás satisfação é que a população tem dado retorno: na rua, em reuniões, nas casas, no WhatsApp, muitos têm abordado para saber mais sobre o assunto e sanar dúvidas, e é desta forma, com a compreensão e esforço de todos que vamos buscar aprimorar este trabalho", finaliza. Desta forma, fica  mais uma vez o apelo à população, que seja ativa neste momento e faça sua parte, pois a qualidade e sucesso da coleta seletiva de lixo vai depender muito mais da população do que do serviço de coleta disponibilizado pelo município.  


Enviar por e-mail Imprimir

Galeria de fotos

Fale conosco

Mande suas críticas e sugestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta

Av. do Comércio, 196, Centro - (55) 3798-1155

Horário de atendimento: 7h30 às 11h30 | 13h00 às 17h00

Visualizar mapa